A Polícia Judiciária Civil (PJC) segue à procura do acusado de estuprar uma menina, de 8 anos, em Sorriso, no último domingo (29). O exame de corpo de delito apontou que a criança sofreu rompimento do hímen e laceração do ânus causados pelo próprio padrasto.

Conforme o delegado Nilson Farias, que representou pela prisão preventiva do acusado, o pedido deferido pelo Poder Judiciário com anuência do Ministério Público. “Precisamos da ajuda da população para localizar esse indivíduo que cometeu esse ato tão grave”.

As investigações apontam que o homem aproveitou quando a mulher saiu da casa e cometeu o estupro de vulnerável contra a enteada. “A menina foi medicada e foram adotados procedimentos necessário para reconstruir o aparelho genital. Ela será amparada e passará por oitiva, depoimento sem dano para não precisar revivem ciar o caso. Passará por psicóloga para ser ouvida uma única vez”

O acusado, de 29 anos de idade, fugiu após o flagrante de estupro da enteada no bairro Mário Raiter em Sorriso, a 400 km de Cuiabá, de acordo com testemunhas ele teria fugido da cidade. O crime aconteceu na última segunda-feira (31).

Adolescente que estuprou criança segue apreendido

Em outro caso, um adolescente, de 13 anos, confessou que praticou o ato infracional análogo ao crime de estupro contra uma criança de 5 anos.

Ele foi apreendido em flagrante e o Ministério Público já representou pela internação provisória.

O menor segue detido na delegacia, por cinco dias, à espera de vaga em uma unidade socioeducativo.

Fonte/ Créditos: Portal Sorriso