A Radio que só toca top , a sua noticia em primeiro lugar ,

COVARDE : Veja o vídeo e saiba quem e o empresario que fez essa covardia em Sinop

Saiba quem é o empresário que fingiu dar dinheiro para agredir morador de rua no Mato Grosso

A diretoria executiva do PSL em Mato Grosso excluiu de suas fileiras o secretário e tesoureiro do partido no município de Tabaporã (657km de Cuiabá), Adonias Correa Santana, que agrediu um morador de rua em Sinop e filmou toda ação. Não contente, o homem ainda postou o vídeo e zombou da vítima nas redes sociais.

Um  fato que vem ganhando repercussão em todo o Brasil é o de uma agressão sofrida por um morador de rua esta semana em Sinop-MT.

Um empresário de Tabaporã teria agredido e humilhado por pura maldade, uma pessoa que pedia ajuda nas ruas.

Mesmo em meio a pandemia de coronavírus, há pessoas que não conseguem ser solidárias e continuam cultivando o ódio. Começou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (9) um vídeo onde um homem agride um morador de rua com tapas no rosto.

O agressor foi identificado como Adonias Correia Santana, um madeireiro de Tabaporã, que acumula 22 processos. Nas imagens, Santana pergunta para o morador de rua se ele estaria com fome e lhe oferece uma nota R$ 20.

No vídeo, o morador responde que não consegue comprar comida e não recebe ajuda porque quase não há ninguém nas ruas.

Veja o vídeo :

O motorista do carro sugere que o empresário de uma nota de R$ 50. Santana, então, oferece a nota ao morador de rua e pede para que ele se aproxime. Em seguida, o empresário desfere um tapa no rosto e grita “vai trabalhar, vagabundo!”.

A vítima parece ficar sem reação. “Quer mais um?”, pergunta o agressor. Humilhado o pobre homem se afasta do carro do agessor.

Depois desse vídeo ganhar repercussão nas redes sociais, foram veiculadas várias notícias de que a polícia já entrou no caso.

 

Fonte : MTJORNAL

você pode gostar também
1 comentário
  1. […] ex-jogador de futebol Juninho Pernambucano se sensibilizou com a história do morador de rua Anderson Luiz da Silva Zahn, agredido gratuitamente quando pedia ajuda nas ruas de Sinop (a 500 km ao Norte de Cuiabá). Por isso, vai  pagar seu […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.