A Radio que só toca top , a sua noticia em primeiro lugar ,

Clubes de Mato Grosso garantem que vão disputar Brasileiro da Série D

A pandemia do novo coronavírus, que vem afetando o esporte de maneira avassaladora, fez, por enquanto, duas vítimas entre os times de futebol. Patrocinense (MG) e São Caetano anunciaram que não vão participar da Série D do Campeonato Brasileiro, a quarta divisão nacional. Apesar do momento difícil, a maioria das equipes são a favor da disputa, mas exigem uma definição rápida por parte da CBF para saberem o que vão precisar para armar um time em condições diante da atual situação financeira causada pela covid-19.

No meio de tantas incertezas, a semana ficou agitada por conta da desistência do São Caetano, ocorrida na última quarta-feira. No dia seguinte, a CBF não aceitou que o EC São Bernardo ocupasse a vaga deixada pelo rival.

De Mato Grosso, os três clubes que vão representar o futebol local estão mais do que garantidos até pelo fato de já terem sido contemplados com o ajuda financeira dada pela CBF no valor de R$ 120 mil para cada um. Operário Várzea-grandense, União de Rondonópolis e Luverdense estão sobreaviso.

Desde do último dia 15 de março, as três equipes interromperam atividades por causa do coronavírus. Dos três clubes matogrossenses, o time de Lucas do Rio Verde está na Série D em função de sua queda da Terceira Divisão do ano passado.

Por sua vez, ‘Chicote’ da Fronteira e o Colorado se garantiram por meio do Estadual do ano passado, segundo e terceiro colocado, respectivamente. A falta de datas para início e término da competição, aliás, é apontada como um dos fatores que prejudicam o planejamento.

A Série D começaria em 2 ou 3 de maio, com a fase preliminar, e conheceria o campeão em 22 de novembro.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.